+55 47 3333-8077
p3engenharia@p3engenharia.com.br

Geral

P3 apresenta soluções em engenharia elétrica na Fenahabit 2017

A geração fotovoltaica e projetos de eficiência 

energética serão destaque no estande da empresa

A P3 Engenharia Elétrica, empresa de Indaial — no mercado há 10 anos — estará na Fenahabit 2017, apresentando suas soluções para o mercado em engenharia elétrica. Destaque para a parceria recém formada com a WEG objetivando fomentar a geração de energia fotovoltaica. Pelo acordo, a P3 passa a condição de Integradora da empresa de Jaraguá do Sul, uma das líderes brasileiras nesse segmento.

A P3 Engenharia Elétrica e a WEG uniram esforços e buscam impulsionar o mercado energia fotovoltaica. As duas empresas passam a oferecer soluções de autoprodução e geração distribuída. Na condição de Integrado WEG, a P3 conta com uma equipe constantemente treinada e atualizada. A indústria de Jaraguá do Sul oferece capacitação e supervisão no desenvolvimento de projetos.

Com esse importante aliado, a P3 ingressou em definitivo num mercado em franco crescimento. Pode, inclusive, desenvolver e montar parques de grande porte para geração de energia solar.

A liderança mundial é da China, seguida pelos Estados Unidos, Índia e Japão. Os chineses produzem aproximadamente 70 GW de energia solar. O Brasil em torno de 100 megawatts (MW) instalados. Equivale a 0,1% do que eles geram. Não está nem entre os 50 do planeta.

Eficiência energética

No atual momento da economia, o maior desafio das empresas é reduzir custos e ampliar a produtividade. A energia elétrica consumida se apresenta como um dos principais custos variáveis na composição de um orçamento. É pauta obrigatória nas reuniões de executivos. Resolver essa equação, buscando a eficiência energética, não é tarefa simples e exige assessoramento técnico de empresas que conhecem o mercado.

Esse é o papel da P3 Engenharia Elétrica. Ela procura maximizar o retorno dos investimentos, apresentando soluções customizadas, de acordo com as necessidades de cada cliente, otimizando processos.

O trabalho é fruto de um know-how alcançado após uma década de atuação no mercado, permitindo acrescentar ao seu amplo portfólio, serviços especializados em eficiência energética.

A P3 Engenharia Elétrica é uma Empresa de Conservação de Energia (ESCO) e desde 2014 é afiliada a Associação Brasileira de Empresas ESCO (Abesco). Passamos a oferecer ao mercado, a elaboração e execução de projetos de eficiência energética. E são projetos que seguem normas e procedimentos internacionais, como o Protocolo Internacional de Medição e Verificação de Performance (PIMVP) e outros documentos elaborados pela EVO (Efficiency Valuation Organization).

Além da experiência, a P3 conta com certificações necessárias para submeter projetos para editais de chamadas públicas dos programas de eficiência energética publicadas por concessionárias de distribuição de energia elétrica. Em Santa Catarina, o principal programa é o PEE – CELESC, a chamada pública deste programa acontece anualmente.

Num dos trabalhos mais recentes desenvolveu e aprovou o projeto para troca de 9.202 lâmpadas fluorescentes tubulares por lâmpadas de LED de três campus da Universidade Regional de Blumenau (FURB). A substituição das luminárias, executada por uma empresa parceira, conta com o incentivo da Celesc, por meio do Programa de Eficiência Energética da Celesc (PEE), regulamentado pela ANEEL. Um investimento a fundo perdido do programa na ordem de R$ 853 mil.

A Fenahabit

A 13ª Fenahabit (Feira Nacional das Tecnologias de Habitação, Construção e Imobiliário) é uma promoção da Via Ápia Eventos. Começa na próxima quinta-feira (25 de maio), se prolongando até o dia 28, no Setor 1 do Parque Vila Germânica.

Entrada franca na Feira

A entrada para visitar a 13ª Fenahabit é franca, mas o visitante vai precisar fazer seu credenciamento. Para facilitar a vida de todos, existe a possibilidade de fazê-lo antecipadamente pelo site da empresa organizadora, acessando o endereço: http://www.viaapiaeventos.com.br/cadastro/

 

Projeto elétrico e instalação de transformador em empresa de iluminação

A equipe da P3 Engenharia Elétrica desenvolveu um projeto elétrico e executou a instalação de um transformador tipo pedestal para um cliente do Médio Vale do Itajaí, fabricante de lâmpadas e luminárias.

Mais um cliente atendido com a qualidade e Know-how da P3!

Uma Feliz e Abençoada Páscoa para todos!

Qualidade das instalações P3 em edifício de 24 andares

A P3 é responsável pelas instalações elétricas e preventivo de incêndio num prédio residencial de 24 andares que está sendo erguido em Blumenau.

Know-how em Eficiência Energética: A palavra de ordem nas empresas que buscam a redução de custos

A P3 oferece soluções adequadas, otimizando processos

No atual momento da economia, o maior desafio das empresas é reduzir custos e ampliar a produtividade. A energia elétrica consumida se apresenta como um dos principais custos variáveis na composição de um orçamento. É pauta obrigatória nas reuniões de executivos. Resolver essa equação, buscando a eficiência energética, não é tarefa simples e exige assessoramento técnico de empresas que conhecem o mercado.

Esse é o papel da P3 Engenharia Elétrica. Ela procura maximizar o retorno dos investimentos, apresentando soluções customizadas, de acordo com as necessidades de cada cliente, otimizando processos.

O trabalho é fruto de um know-how alcançado após uma década de atuação no mercado, permitindo acrescentar ao seu amplo portfólio, serviços especializados em eficiência energética.

Projetos seguem normas internacionais de medição e verificação

A P3 Engenharia Elétrica é uma Empresa de Conservação de Energia (ESCO) e desde 2014 é afiliada a Associação Brasileira de Empresas ESCO (Abesco). Passamos a oferecer ao mercado, a elaboração e execução de projetos de eficiência energética. E são projetos que seguem normas e procedimentos internacionais, como o Protocolo Internacional de Medição e Verificação de Performance (PIMVP) e outros documentos elaborados pela EVO (Efficiency Valuation Organization).

Um diferencial que chegou ao mercado com as premissas de seriedade e capacidade técnica de uma atualizada equipe de engenheiros. Eles desenvolvem projetos de eficiência energética com métricas confiáveis nos resultados apurados, como o Diagnóstico Energético e Medição e Verificação de Performance.

Uma empresa certificada para habilitar projetos de eficiência energética

Além da experiência, a P3 conta com certificações necessárias para submeter projetos para editais de chamadas públicas dos programas de eficiência energética publicadas por concessionárias de distribuição de energia elétrica. Em Santa Catarina, o principal programa é o PEE – CELESC, a chamada pública deste programa acontece anualmente.

Como funciona um projeto de Eficiência Energética

Fazer uma avaliação energética dos sistemas consumidores de energia na unidade é o primeiro passo para implantar um projeto de eficiência energética. A segunda etapa é a forma de se aportar capital para sua viabilização, seguido pela contratação, verificação dos resultados e entrega do projeto.

Um projeto de eficiência energética define ações em determinada operação, buscando principalmente a redução de custos com consumo de insumos energéticos e hídricos. Ele apresenta sugestões de viabilidade técnico-econômica e inclui especificações técnicas, o “project finance”, equipamentos, materiais, serviços e as implantações propriamente ditas. Além disso, o gerenciamento do projeto e a gestão dos resultados após o término das intervenções.

Qualquer empresa ou empreendimento pode ser beneficiado com um projeto de eficiência energética, por meio de retrofit de ativos operacionais e instalações, com adequação de procedimentos.

Sobre o Programa de Eficiência Energética da CELESC e como participar

  • O Programa de Eficiência Energética da CELESC – PEE CELESC é executado anualmente, atendendo cláusula do Contrato de Concessão de Distribuição de Energia Elétrica.
  • A legislação determina que as concessionárias e permissionárias de serviços públicos de distribuição de energia elétrica devem aplicar, anualmente, a partir de abril de 2007, o valor equivalente a 0,50% de sua receita operacional líquida anual em programas de eficiência energética no uso final de energia elétrica.
  • O objetivo do PEE CELESC, por meio de Chamada Pública, é selecionar propostas de projetos de eficiência energética no uso final de energia elétrica para unidades consumidoras pertencentes à área de sua concessão.
  • Podem participar todos os consumidores atendidos na área de concessão da CELESC, com registro no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), que estejam em dia com suas obrigações legais perante a mesma e que estejam enquadradas em uma das classes de consumo a seguir: industrial, residencial (excluídas as beneficiadas com a tarifa social de energia elétrica), comércio e serviços (e outras atividades), poder público (federal, estadual e municipal), rural (todas as subclasses), serviços públicos e iluminação pública.
  • Podem ser apresentados projetos com as tipologias melhoria das instalações, envolvendo a troca ou melhoramento do desempenho energético de equipamentos e sistemas de uso da energia elétrica, com ou sem geração de fontes incentivadas (micro ou minigeração) que utilize fontes com base em energia solar, eólica, hidráulica, biomassa ou cogeração qualificada, conectada na rede de distribuição.
  • Dentre as possibilidades de melhoria para uso final de energia elétrica, tem-se os sistemas de aquecimento solar, ar comprimido, bombas de vácuo, bombas hidráulicas, condicionamento ambiental, equipamentos hospitalar, fontes incentivadas, iluminação, refrigeração, motores elétricos, sopradores de ar, trocador de calor para chuveiro, entre outros.

Celesc destinará R$ 10 milhões para desenvolvimento de projetos

A Chamada Pública PEE CELESC 001/2016 destinará R$ 10 milhões para desenvolvimento de projetos de eficiência energética em residências, indústrias, prédios públicos, estabelecimentos comerciais ou de serviços, na área rural ou na iluminação pública. O prazo para envio de propostas encerrou no dia 24 de fevereiro, conforme informações do Edital.

Em janeiro, a concessionária realizou o III Workshop PEE CELESC, esclarecendo dúvidas sobre a Chamada Pública para seleção de projetos de eficiência energética. O evento reuniu 130 interessados, dentre eles os representantes da P3.

No ano passado, a P3 fez o diagnóstico energético da Universidade Regional de Blumenau (FURB) que está substituindo 9.202 lâmpadas fluorescentes tubulares por lâmpadas de LED. Neste ano, novos projetos de clientes foram encaminhados para análise.

Comunicação da P3 Engenharia Elétrica | Giovani Vitória | Jornalista

NOSSOS SERVIÇOS: Prevenção e laudo técnico em sistemas de iluminação de emergência

A manutenção correta garante níveis de luminosidade exigidos pelas Normas Regulamentadoras

Por se tratar de um sistema vital, não se pode dispensar, reduzir, substituir ou compensar investimentos em segurança contra incêndio e pânico. Muito menos no processo de manutenção. A P3 vai além de projetar e executar. Ela presta assessoramento profissional, previne prejuízos futuros.

Aos seus clientes, a P3 Engenharia Elétrica sempre orienta para que se faça a verificação de todas as luminárias de emergência e seu funcionamento, pelo menos a cada 90 dias, no mínimo.

Outra expertise da P3 é a elaboração do laudo técnico de luminosidade nos sistemas de emergência. A recomendação é fazê-lo anualmente, assegurando os níveis de iluminância exigidos pela NBR 10.898 e a Norma de Segurança Contra Incêndio do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina.

Como é feita a prevenção e o laudo

No processo de manutenção preventiva, os profissionais da P3 realizam uma inspeção visual dos equipamentos, sua limpeza, além de monitorar e verificar o acionamento e funcionamento do sistema, por meio do dispositivo de proteção e seccionamento exclusivo (disjuntores). Ele opera por uma hora, com carga plena. Nesse período, toda e qualquer interferência do sistema deverá constar em ata, junto com a solução aplicada.

Como se define a luminosidade em cada ambiente

Na elaboração do projeto é garantido um nível mínimo de luminosidade, de acordo com cada ambiente. São cinco Lux para locais com desnível, como escadas, rampas e obstáculos. Em locais planos (corredores, halls, elevadores e locais de refúgios), as normas exigem três Lux, conforme NBR 10898/2013, no item 5.1.1 que trata da Iluminação de aclaramento.

A fixação destes pontos de luz pode ser feita em paredes, teto ou suspensas. Mas devem ser instaladas para que não fiquem em alturas superiores às aberturas do ambiente. Isso evita o ofuscamento em razão do acumulo de fumaça caso ocorra um incêndio.

Já a distância máxima entre dois pontos de iluminações, em determinado ambiente, deve ser equivalente a quatro vezes a altura da instalação destes em relação ao nível do piso.

As luminárias ideais e suas fontes de energia

As lâmpadas halógenas, de LED e fluorescente são as mais comuns encontradas no mercado. O sistema de iluminação de emergência poderá ser concebido utilizando três tipos de fontes de energia. Existem os blocos autônomos, onde ela é incorporada a luminária, com carregador, controles de supervisão e com circuito de alimentação independente. Pode ser ainda alimentada por uma central de baterias ou por gerador.

Independente da fonte escolhida, o sistema precisa seguir o que preconiza ABNT, em sua NBR 10898/13, prevendo que a iluminação que deve clarear áreas escuras de passagens, horizontais e verticais, incluindo áreas de trabalho e áreas técnicas de controle de restabelecimento de serviços essenciais e normais, na falta de iluminação normal.

Comunicação da P3 Engenharia Elétrica | Giovani Vitória | Jornalista

Manutenção elétrica em concessionária de caminhões

Nesta semana mais curta, em razão do Carnaval, a equipe da P3 não parou. Em uma concessionária de caminhões de Blumenau, realiza a manutenção elétrica das instalações.

Comunicação da P3 Engenharia Elétrica | Giovani Vitória | Jornalista

 

Adequação da subestação na Brasfrigo de Itajaí.

A equipe da P3 Engenharia Elétrica está executando um processo de adequação na subestação de energia da Brasfrigo de Itajaí.

Localizada em Itajaí(SC), com filial em Uberlândia(MG), a Brasfrigo é uma empresa brasileira que atua na logística de exportação e importação de produtos congelados para mais de 200 países.

Comunicação da P3 Engenharia Elétrica | Giovani Vitória | Jornalista

Obra da subestação de medição da ABB Transformadores

ABB é a principal fabricante de transformadores impregnados a óleo e a seco no mundo. Fornece serviços de suporte completo do ciclo de vida, incluindo substituição de peças e componentes.

Comunicação da P3 Engenharia Elétrica | Giovani Vitória | Jornalista

P3 conclui painel de controle de motores para edifício em Balneário Camboriú

painel-p3A equipe técnica concluiu a montagem de um painel de controle de motores para pressurização das escadas de emergência do Edifício Edgar Werner, em construção em Balneário Camboriú, sob responsabilidade da empresa Idealiza Engenharia e Construções Ltda.

O equipamento é utilizado em casos de emergência, não permitindo que a fumaça entre na rota de fuga (escada enclausurada)

idealiza-modelo-01A empresa Idealiza tem 35 anos de mercado, nas áreas de engenharia, arquitetura e ventilação. Desde 2009 desenvolve projetos de escadas pressurizadas.

Comunicação da P3 Engenharia Elétrica | Giovani Vitória | Jornalista/Rotariano | Informe Comunicação